A pacata vida de um povo: POVO marginalizado



Acervo do blog Caminhos de Santidade. Reprodução proibida.


Luiz Santinácio*

Às margens do velho rio, inúmeras comunidades, muitas delas remanescentes de tribos e/ou Nações indígenas enraizadas no solo Terra Brasilis, numa intensa relação homem-meio ambiente, naquela interação que faz crer numa co-responsabilidade e/ou naquela mútua responsabilidade; de mútua manutenção das fontes de vida que pululam no vasto horizonte da vida que visceja e insiste em proclamar vida. Dos mananciais aquíferos, muitos dos quais não mais pujantes como dantes.

Eucaristia: fonte e vida da Igreja

A iniciação cristã, começada com o Batismo e com a Crisma completa-se com a Eucaristia que, como alimento divino, nutre e aumenta no Home...